COMUNICADO: Bragança Fernandes é o novo líder da Distrital do PSD/Porto

 

COMUNICADO

António Bragança Fernandes é o novo líder da Distrital do PSD/Porto

O Presidente da Câmara da Maia, António Bragança Fernandes, venceu ontem (sábado) as eleições para a comissão política da distrital do PSD/Porto, a maior estrutura social-democrata do país, com mais de 98% dos votos.

«Foi, sem dúvida, uma percentagem significativa, isto quando estamos na presença de uma lista única para todos os órgãos distritais”, afirmou o novo líder social-democrata para o distrito do Porto, acrescentando ainda que se tratou de uma lista inclusiva – com 75% de renovação dos elementos integrantes dos órgãos distritais -, com todas as concelhias a apresentarem apenas uma lista para os delegados à Assembleia Distrital, o que demonstra uma vontade única em torno desta candidatura.

Um dos primeiros passos da nova comissão política – sem esquecer outros apresentados no manifesto eleitoral-, é preparar as eleições autárquicas de 2017 e definir um conjunto de ações com as secções no sentido de o partido se manter ativo e interventivo na defesa dos interesses da região e do País. As próximas eleições autárquicas são para o social-democrata António Bragança Fernandes «uma das preocupações e prioridades da nova comissão política distrital».

Para isso, e na sua opinião, terá que ser desenvolvido um bom trabalho em coesão com todas as secções concelhias, para aumentar os resultados eleitorais nas próximas autárquicas

A Economia como pilar para o Emprego, Desenvolvimento e Coesão Social é outro dos fatores que terá atenção máxima da equipa que agora vai liderar os destinos da Distrital do PSD/Porto, sob o lema “humanismo e proximidade”. O Distrito do Porto é o motor de uma região, com um forte dinamismo económico e onde se encontra uma considerável parte do tecido industrial, em particular as PME, que representam um importante vetor gerador de emprego.

«Só um crescimento económico apoiado em dinâmica empresarial, que reforce a competitividade e a capacidade geradora das empresas, poderá responder aos desafios de uma economia aberta. É com um profundo conhecimento da realidade em que assenta a economia desta região, que afirmamos o nosso compromisso de defender sempre valores e princípios, que contribuam para afirmar o Distrito no quadro regional e nacional», garante António Bragança Fernandes.