COMUNICADO – TAP – Navegação à vista (II)

10320468_838717786168715_2151930363778902011_n

COMUNICADO

TAP – Navegação à vista (II)

Em resposta aos desafios reais e objetivos que a Distrital do PSD-Porto lançou ao governo, a propósito das políticas de transportes e acessibilidades no distrito, o Ministro Pedro Marques veio a público informar que o número de passageiros em 2016 aumentou 1,8% o número de passageiros (!) e que por isso o desafio da Distrital do PSD-Porto manifestava “falta de pudor”.

Desobrigando-se esta Distrital de comentar respostas vãs de natureza ética, ou até mesmo a notória falta de argumento ao invocar um residual aumento de passageiros (sabendo todos que este aumento apenas se deve às reformas levadas a cabo em anos anteriores, pelo anterior executivo) em 2016, importa reforçar o mesmo desafio anteriormente lançado ao governo, a bem da verdade e da seriedade governativa:

[Transcrição:]

O PSD-Porto volta a desafiar o Governo a apresentar um Plano Estratégico de Desenvolvimento/Crescimento dos aeroportos de Lisboa e do Porto, clarificando nomeadamente quais as métricas de crescimento, o investimento associado, os resultados esperados e o impacto socioeconómico. Só assim se poderá tranquilizar a sociedade em geral quanto à equidade das políticas territoriais e quanto à legitimidade do mérito de cada decisão, na alocação das condições de desenvolvimento económico em todo o país.

À Distrital do PSD-Porto importa promover a discussão pública e cívica dos grandes desideratos da região, sem comentar, ripostar ou responder a considerações marginais ou apresentadas para gerar “ruído” informativo.

As Gentes do Porto merecem saber o que podem esperar dos seus governantes.

As Gentes do Porto e do Norte merecem o respeito de todos!