Óbito/João Semedo: PSD/Porto recorda “portuense” que foi “adversário leal e combativo”

Porto, 17 julho de 2018 | LUSA

A distrital do PSD/Porto, Alberto Machado, lamentou hoje a morte do ex-coordenador do Bloco de Esquerda João Semedo, recordando ter sido “um adversário [político] leal e combativo” e “um portuense dedicado à cidade”.

Em declarações à Lusa, esta manhã, Alberto Machado afirmou que Semedo se destacou na vida “política e pública”, sendo a sua morte “uma perda para a cidade”.

Num comunicado enviado à Lusa, a comissão política distrital do PSD/Porto refere que Semedo foi “um adversário leal e combativo, um político que sempre privilegiou o diálogo com todos, um portuense dedicado à sua cidade, um homem de convicções e um médico respeitado”.

“Entre outras qualidades humanas, estas sempre foram para o PSD as mais evidentes e as que hoje recordamos com o mais profundo respeito”, sustenta, lamentando “profundamente” o seu desaparecimento e enviando as “as mais sentidas condolências” aos amigos e familiares.

João Semedo, que morreu hoje, aos 67 anos, depois de anos de uma batalha contra o cancro, terminou a sua carreira política enquanto deputado do BE na Assembleia Municipal do Porto, cargo a que resignou em finais de abril.

Semedo foi militante do PCP entre 1972 e 2003, e filiou-se no BE a 04 de abril de 2007.

O velório do médico e ex-coordenador bloquista realiza-se esta tarde, a partir das 17:00, na Cooperativa Árvore, no Porto, estando o funeral marcado para quarta-feira, pelas 13:30.

JAP // LIL